Bem Vindos ao Site da Roberto Refrigeração!
(65) 3056-4545
stilloar@terra.com.br

Blog Post

Refrigeradores conectados

Tecnologia avança e novidades de impacto estão começando a chegar ao mercado.

A geladeira é considerada uma das principais invenções do século passado, mas ainda existe muito espaço para inovar. Em vários aspectos houve avanços significativos nos últimos tempos, como a tecnologia Embraco Wisemotion, de compressores que dispensam o uso de óleo lubrificante.

No que se refere à internet, os estudos e testes para sua utilização associada a equipamentos de refrigeração se iniciaram há bastante tempo.

Refrigeradores conectados já foram apresentados em eventos do setor de eletrônicos e alguns deles chegaram a ser lançados no mercado. Essa evolução teve um grande passo na edição de 2016 do Consumer Electronics Show (CES) – considerado o principal evento de produtos eletrônicos de consumo do mundo –, realizada em janeiro em Las Vegas, nos Estados Unidos.

Ali foram apresentados refrigeradores com recursos muito inovadores e que trazem grandes vantagens para os seus proprietários em termos de comodidade e interatividade. Em um dos modelos lançados, ao bater duas vezes em sua janela frontal, a luz interna se acende, permitindo que se veja o interior do gabinete. O mesmo equipamento conta com um sensor na sua base para abrir a porta quando as suas mãos estão ocupadas.

Outros refrigeradores apresentados no evento oferecem a possibilidade de ouvir música, assistir TV e acessar receitas enquanto se cozinha. Há ainda modelos que informam o estoque contido no interior do gabinete, para que o proprietário possa repor os produtos que estão faltando.

Uma inovação que chamou muito a atenção foi o refrigerador R2-D2, mostrado pela Haier.

Trata-se de um modelo de pequeno porte, projetado para gelar uma quantidade limitada de latas ou garrafas de bebidas. Ele se conecta à internet, mas não é isso que o diferencia. Um dos motivos para o impacto que causou está ligado ao seu visual: parece um robô da série Star Wars. Para completar, ele se move, levando, por exemplo, as bebidas a uma pessoa que está no sofá assistindo à TV. O R2-D2 parece ter saído diretamente de um filme de ficção científica, mas já é uma realidade (por enquanto, feito apenas sob encomenda).

Com esses avanços, um dos desafios é o risco de que os equipamentos fiquem obsoletos em pouco tempo. Como a tecnologia na área da eletrônica e da conectividade evolui muito velozmente, dificilmente alguém desejará manter um equipamento dessa nova geração com dez anos de uso, a não ser que exista a possibilidade de atualizá-­lo. Mas certamente já existem pesquisas em andamento para resolver essa questão. Afinal, a refrigeração é uma área em que a inovação nunca para.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *